terça-feira, 26 de novembro de 2013

Nada a declarar

Bloqueio

Todo grande artista tem bloqueios de criatividade. Algumas crises duram anos. Com blogueiro metido a escritor não é diferente.

Meu período é de faxina emocional. A limpeza anda tão profunda que não sobraram nem palavras. Não vou buscar inspiração em grandes autores nem em frases de efeito.

A hora é de olhar para dentro. De ouvir música. De colocar o sono em dia. De ir mais ao cinema. De aproveitar a família, os amigos, a cadelinha de estimação. De apreciar o simples, o cotidiano, o beijo na boca sem compromisso.

Minha relação com este blog tem uma única condição: a vontade de escrever, expor ideias, fazer graça, charme ou lágrimas. Mas tem dia que nada disso está em pauta. Apenas a vontade de curtir o silêncio que fica depois de toda grande reforma.

É preciso deixar sair o cheiro da água sanitária que desinfetou a alma. E deixar, aos poucos, tudo pronto para redecorar os dias vindouros.

É tempo de descobrir, conhecer, sentir a verdade que se redefine aqui comigo. E então, sim, olhar para fora e escolher o que combina com a roupa nova.

Não estou afim de ser espirituoso. Nem irônico. Muito menos engraçado ou emotivo. Eu estou cru, me preparando para as muitas outras que virão. Entrei na reta final do ano como a antítese da árvore de Natal: sem enfeites, sem firulas. Just me. Aproveitem. Enjoy the silence.

Vou me permitir agora apenas usufruir do cúmulo do bom gosto, representado pela soprano britânica Sarah Brigthman. "What a Wonderful World", ela canta, em meio a pétalas de rosas, enquanto se equilibra num balanço florido. O show de Sarah, sem dúvidas, é maravilhoso. O mundo também pode ser. É só não complicar muito.

8 comentários:

  1. Ou seja: “só você!”, “só você?”
    E, ainda assim, “você” faz com que olhemos para nosso interior para um inventário, e porque não uma faxina de nós mesmos? Dos ranços que insistimos em deixar na alma.
    Um balanço muito oportuno afinal, o ano novo já mostra suas nuances nessa reta final de 2013, e é recomendável estar com o espírito renovado para as futuras possibilidades que se apresentarão.
    Mesmo sendo “só você”... toca fundo ao coração e por esse motivo "que o mundo é maravilhoso".

    Um especial abraço

    Sandra

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sandra, que linda observação. Fiquei honrado. Sabe quando a bateria do celular está carregando? E tá chegando lá, com 90% já completos? Então, estou exatamente assim. A limpeza foi determinante. A "casa" tá ficando linda. Sem ruídos. Falta pouco.
      Obrigado pela sua amizade e apoio. Abraço especial pra vc também.

      Excluir
  2. Oiii Rô lindo!!saudade de vc!!! e otimo gosto: Sarah Brigthman é tudo de bom, perfeita!!! Voz divina , musica maravilhosa!!!! Aiihh que gostosinho o texto de hoje hein, diria q esta light, demonstra paz !!! E vc é um ótimo escritor sim, pois qdo escreve, transmite a essência da alma em suas palavras viu !!! E por falar em apreciar o silencio... Enjoy the silence... lembra do “Depeche mode”? ( to ouvindo agora rsrs ). Hoje nem tenho mto a dizer, pois com seu texto, lembrei-me de um texto de Carlos Drummond de Andrade, ( imagino que já tenha lido também) e ele que me perdoe... mas mto grande, e então postei aqui algumas partes:
    “Não importa onde você parou,
    em que momento da vida você cansou,
    o que importa é que sempre é possível
    e necessário "Recomeçar". Recomeçar é dar uma nova
    chance a si mesmo.
    É renovar as esperanças na vida
    e o mais importante:
    acreditar em você de novo. Sofreu muito nesse período?
    Foi aprendizado. Chorou muito?
    Foi limpeza da alma. Ficou com raiva das pessoas?
    Foi para perdoá-las um dia. Sentiu-se só por diversas vezes?
    É por que fechaste a porta até para os outros. Tem tanta gente esperando apenas um sorriso teu para “chegar” perto de você.
    Acreditou que tudo estava perdido?
    Era o início da tua melhora. Pois é!
    Agora é hora de iniciar,
    de pensar na luz,
    de encontrar prazer nas coisas simples de novo. Onde você quer chegar?
    Ir alto.
    Sonhe alto,
    queira o melhor do melhor,
    queira coisas boas para a vida.
    pensamentos assim trazem para nós
    aquilo que desejamos. Se desejarmos fortemente o melhor
    e principalmente lutarmos pelo melhor,
    o melhor vai se instalar na nossa vida. Esvazie seu coração.
    Fique pronto para a vida,
    para um novo amor. Lembre-se somos apaixonáveis,
    somos sempre capazes de amar
    muitas e muitas vezes.
    Afinal de contas,
    nós somos o "Amor".
    “Porque somos do tamanho daquilo que vemos, e não do tamanho da nossa altura.”
    Rô meu eterno e maravilhoso amigo, tudo de bom em todas as fases de sua vida!!!
    Assim q puder poderíamos combinar uma balada, cinema, barzinho enfim o q tiver com vontade !!! e ai colocamos as news em dia!!!! saudades de vc e Marilia!!!Big bjuuss ao meu querido, perfeito, dinâmico, inteligente e sempre escritor predileto : você!!( Drummond q me perdoe novamente haha) .




    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahaha! Eu e Drummond somos assim, ó, unha e carne! Rsrsrs.
      Elaine, obrigado pelos desejos de felicidade e pela amizade sempre sincera.
      Nunca fiz um balanço tão oportuno na vida. Está sendo ótimo. Venho preparando um jardim sem ervas daninhas. Acredite: se o texto te passou uma certa paz, é porque já me sinto assim. Como é bom poder viver desse jeito. E com as pessoas que a gente ama ao redor, como você!
      Beijo muito carinhoso.

      Excluir
  3. Gosta tanto de música, que deixo Paralamas pra vc neste momento.

    SEJA VOCÊ
    Vai sempre ter alguém
    Com mais dinheiro, mais respeito
    Mais ou menos tudo o que se pode ter
    Vai sempre sobrar, faltar
    Alguma coisa, somos imperfeitos
    E o que falta cega p'ro que já se tem

    Eu não te completo
    Você não me basta
    Mas é lindo o gesto de se oferecer
    O que eu quero nem sempre eu preciso
    Mas dê um sorriso quando me entender

    Seja você
    Seja só você
    Seja você
    Seja só você

    Vai sempre ter alguém
    Com mais dinheiro, mais respeito
    Mais ou menos tudo o que se pode ter
    Vai sempre sobrar, faltar
    Alguma coisa, somos imperfeitos
    E o que falta cega p'ro que já se tem

    Eu não te completo
    Você não me basta
    Mas é lindo o gesto de se oferecer
    O que eu quero nem sempre eu preciso
    Mas dê um sorriso quando me entender

    Seja você
    Seja só você.
    Mas dê um sorriso quando me entender

    Seja você
    Seja só você
    Seja você
    Seja só você

    http://www.youtube.com/watch?v=cVIDO-XOvYE

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É isso mesmo, irmão. Na vida, nada nunca basta. Mas nada que um sorriso compreensivo e um pouco de amor não resolvam, né? Abs!

      Excluir
  4. Só fará bem. E sem pressa. Tenho certeza que o resultado será você na sua melhor versão até hoje. Bom silêncio, Ro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Já me sinto no meu "best moment ever", Matheus! Rsrs. Santa quietude (que de vez em quando eu quebro com uma música cafona pra dançar em frente ao espelho, hehe).
      Obrigado pela visita. Bjão.

      Excluir