terça-feira, 14 de dezembro de 2010

Sticky & Sweet

Pós-graduado em Madonna


Sou fascinado por Madonna desde que comecei a deslizar os olhos pelas primeiras linhas escritas sobre a cantora no começo dos anos 80. Minha admiração por ela transcende a música, os clipes, os filmes, os shows e os livros. Madonna é uma espécie de mãe ideológica para mim. Sua obra e atitude são uma aula sobre arte, sexualidade, religião, estilo, comportamento e, sobretudo, autenticidade.
Madonna, aos 52 anos e mais atual que as imitadoras com a metade da idade dela, não é uma artista para ser simplesmente tocada no rádio e reverenciada pelas constantes reinvenções. Por tudo o que significa (se você não sabe, sugiro um google rápido), Madonna já inspirou cursos em quatro universidades dos Estados Unidos e em outras tantas pela Europa. Merece ser estudada. Foi o que fiz, a partir de 1984, e levei a efeito agora, no fim do meu curso de pós-graduação em Linguagens Midiáticas, pelo Centro Universitário Barão de Mauá. Realizei um sonho em frente à banca de mestres, doutores e curiosos: explicar Madonna para quem ainda a subestima.
Meu trabalho tem como foco a mais recente turnê, “Sticky & Sweet”, que varreu o planeta em 2008 e 2009, tornando-se a mais lucrativa já feita por uma artista feminina. Fui testemunha ocular do espetáculo, apresentado a um Morumbi lotado e estupefato. Tive o privilégio de conferir de perto a extravagância de Madonna, que completou a transição, ensaiada em turnês anteriores, entre o videoclipe e os shows. Madonna conseguiu transformar a performance ao vivo em um videoclipe gigantesco, sem intervalos entre as músicas, com efeitos especiais impressionantes e presença de palco inigualável. Pagou um preço por isso. Para conseguir se comunicar com o público jovem, cria da internet, ficou relativamente dependente da tecnologia, talvez a grande responsável por tornar um show de Madonna algo tão grandioso. Além, claro, da própria artista, sempre no comando, nunca submissa, nem mesmo às luzes e telões.
Durante a apresentação do meu trabalho (que, curiosamente, sucedeu um a respeito de como Lady Gaga "inovou" nos videoclipes), pude constatar, novamente, o quanto Madonna e tudo o que a cerca desperta interesse. Os olhos vidrados da pequena plateia me encheram de alegria e realização, especialmente os de minha mãe, Maria Célia, que disputa com Madonna o papel mais influente na minha existência. O que mamãe apontou um dia como “apenas uma fase” acabou tomando a forma de uma monografia aplaudida e que deve seguir para mestrado. A performance de "Like a Prayer", que fiz questão de exibir num telão, foi a cereja no bolo apaixonado que ofereci aos presentes.
Hoje, de certa forma, posso dizer que sou pós-graduado em Madonna. Com nota máxima. Um título que me deixa orgulhoso e grato. Obrigado a todos que participaram do processo e aos que me assistiram e perceberam que Madonna, embora muito divertida, também é coisa séria. Valeu, rainha do pop. Sem você, o mundo teria sido -  e ainda seria - um bolo fofo e sem graça. E não haveria Gaga e similares para distrair os menos exigentes.

20 comentários:

  1. Grande Rodrigo!

    Aplausos para você...

    Como eu já disse em outra ocasião, foi bom sentir todo seu envolvimento com o trabalho. Isso faz e fez diferença lá naquela manhã.
    Bjs e Sucesso!

    ps: não pude deixar de reler sua postagem (e comentários, inclusice com minha participação) sobre Lady Gaga... rsrsrs

    ResponderExcluir
  2. Oi, Lucimara! Sempre muito bom ver vc por aqui. E que bom que vai voltar a escrever no seu blog, fiquei muito feliz com a notícia. Muito obrigado pela sua presença no dia do trabalho, pelos coments aqui e pela sua já muito apreciada amizade. Quanto ao duelo entre Madonna e Lady Gaga, acho uma covardia. A vencedora já foi anunciada há quase 30 anos, rsrs. Bjão.

    ResponderExcluir
  3. Rodrigão, tão surpreendente como sua apreciada Madona, quem diz que nesse sorriso discreto, as vezes aparentemente acanhado, semblante sério, mais de uma educação indiscutivel, de uma humildade soberana, de olhos que as vezes me parecem tristes mais ao mesmo tempo felizes, é um enigma tentar traçar um perfil, imaginar o que se passa na sua cabeça nos momentos de silêncio.......
    Bom, vejo que em mais uma etapa em sua vida você foi conquistador, forte e mostrou do que é capaz !!!
    Admiro, respeito e torço por vc, porque tantos elogios ??? sei lá !!! sabe aquela pessoa que vc olha e diz é de pessoas com esse caracter que quero ter como amigo, esse é vc ! Abrç.

    ResponderExcluir
  4. Você fez toda a lição direitinho. Além do mega trabalho de conclusão que trouxe inovação em seu tema e muito conteúdo com a personagem principal, você se mostra muito determinado àquilo que busca e extremamente envolvido em tudo que faz.

    Sinto muito orgulho de você, Ro, e feliz demais por estar contigo em mais uma, DE MUITAS OUTRAS CONQUISTAS que ainda virão.

    Foi ótimo assistir à apresentação, participar dela e ver a cada dia que você é de um coração que vai muito além da Madonna!

    bj.

    ResponderExcluir
  5. Um luxo, Rô!
    Parabéns.
    Mega beijo

    ResponderExcluir
  6. Ao anônimo, meu muito obrigado pela visita. E vc, Má, sabe que, com sua presença e apoio, fez toda a diferença naquele dia. E continua fazendo, sempre! Certamente, muitas outras conquistas, minhas e suas, virão. E a gente ainda vai ter muito o que comemorar junto! Valeu mesmo. Bjão!

    ResponderExcluir
  7. Parabéns Rodrigo!!! Fica aqui o meu incentivo para o mestrado. Você tem que engatar uma coisa na outra...aproveita a sua empolgação e siga em frente. Um beijão. Luciana.

    ResponderExcluir
  8. Fico muito feliz em saber que tenho um amigo Pós-Graduado em Madonna, e entre todos os que conheço, soube com total propriedade despir a "NOSSA" Madonna com devido merecimento.E aquele garoto que conheci lá no anos 90, onde juntos estudávamos a cartilha da Rainha, teve a ousadia e inteligência de desfrutá-la e usá-la dignamente a seu favor.
    Por isso tenho orgulho em dizer que sou amiga de um cara, que conhei ainda garoto e hoje é um grande homem e amigo PÓ-GRADUADO EM MADONNA.

    Parabéns Rô.....e muito em breve tenho certeza que você terá excelência e phd em Mad.


    Beijos.......e claro que eu vou assinar......entro como anônima mas faço questão de dizer que sou eu........a Faby.....sua amiga.....e que estou te esperando em casa amanhã......

    ResponderExcluir
  9. Lucélia e Luciana, bjo nas duas e obrigado por mais uma visita. Mestrado nos planos, hehe.

    ResponderExcluir
  10. Ah, não me esquec de vc, Faby! Que delícia ler seus comentários. Fiz jus à nossa rainha! Baseado em pesquisa, tá? Hehe. Vou na sua casa domingão, se tudo der certo. Tô de plantão no fds. Bjão e volte sempre aqui no blog.

    ResponderExcluir
  11. Olá! Li no Minsane sobre sua tese da Madonna, e como todo fã incondicional dela, nao resisti e me cadastrei pra seguir seu blog, mesmo nao tendo tempo nem paciencia pra isso...rs. Fui no Girlie Show em 93 e no Sticky em 2008. Realmente ela é merecedora de estudo. Bjos!
    P.S.: Sou nova nisso, acabei postando esse comentário no mes de set...rs

    ResponderExcluir
  12. Olá.
    Parabéns.
    Você gravou sua apresentação?
    Quero assisti-la.

    ResponderExcluir
  13. Cris e Gustavo, sejam bem-vindos. Infelizmente, nada foi gravado. Mas em breve mandarei ao site a versao em PDF da minha tese. Voltem sempre!

    ResponderExcluir
  14. Parabéns pelo trabalho, mas deves fazer uma correção nos teus comentários, tese é o resultado de uma pesquisa de doutorado e o que você relata é a conclusão de uma especialização, pois pretendes ingresar no mestrado. Sucesso no futuro.

    ResponderExcluir
  15. Olá Rodrigo,
    Li seu recadinho no minsane.
    Então vim visitar seu blog.
    Adorei os posts.
    Também amo a Madonna, mas já faço o contrario tento não escrever tanto sobre ela, pois corro o risco de ficar igual tal! rsrsrss
    No meu blog tem um único post sobre a Mad, falando da época de Erotica, fase incrível dela.

    Um abç.

    ResponderExcluir
  16. Ok.
    Estarei aguardando ansiosamente para ler sua tese em pdf.
    Também AMO a Madonna e como todo fã de trinta e tantos anos fui ao Girlie e ao Sticky.
    Uma coisa que me intriga é: Pq nós fãs de Madonna até gostamos da Britney, mas Lady Gaga não desce.
    Será que é pq estou ficando velho para a nova fase do POP???

    ResponderExcluir
  17. Gustavo, a nova fase do pop, de fato, é bem desinteressante. Pra falar a verdade, não tenho paciência nem com a Britney, que um dia foi boa. Mas hoje...
    Isso não tem nada a ver com idade. Conheço gente mais nova que também não engole nem uma nem outra. Acho que é apenas uma questão de gosto mesmo, hehe. Fique tranquilo. Um abraço.

    ResponderExcluir
  18. Parabéns Rodrigo pelo seu trabalho,faço faculdade de serviço Social e tinha que apresentar sobre Anos 80,como foi na época,música,comida,economia etc.
    Fiz questão de enfocar a nossa diva no Trabalho,o que ela fez e faz até hoje pelo mundo da Música,sem falar dos projetos sociais dela na qual tenho muito orgulho.Se vc autorizar falo de vc no meu Blog tb,temos que ter orgulho um do outro pois somos fãs da Maior e melhor Mulher do mundo pop do Mundo.Bjos
    http://julymadonna.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  19. Olá, July. Mais que autorizada, viu? Pelo jeito, a Madonna recheia vários trabalhos, não é mesmo? Um abraço e seja bem-vinda. Vou passar lá pelo seu blog tb.

    ResponderExcluir